viernes, 28 de noviembre de 2008

Lo que guarda la Historia!!!!!!

.

¡Acabo de descubrir esto!  Junto con las angelicales memorias de Carmen Franco sobre "su papá" editadas recién, y algunos otros repasos familiares a-críticos que he visto últimamente por ahí, no me sorprendería nada que el nuevo éxito de ventas para la temporada navideña fuera la biografía de Anabel Rodríguez escrita por Antonio José Ponte.

.

.

Sei o que nos Figestes... tem preparada umha grande surpresa para Dezembro...

Aginha tereis mais informações!

Quinta, 27 de Novembro de 2008

Caruncho vs. caruncho

 

Umha exclussiva de...

Manuel Morrinha

A partir de umha certa época, acho que foi ao começar a década dos 70, comecei a dizer, com cautela galega, "quando morra Franco, se morrer". Era apenas brincadeira, o meu racionalismo materialista impedia-me acreditar que a vida do Sentinela de Ocidente nom tivesse um remate, mesmo se este se fazia aguardar mais do desejável. Contudo o tempo passava e o meu firme materialismo começava a abalar. Por fim morreu mas uns anos depois comprovei horrorizado que tal acontecimento podia nom ter ocorrido nunca se o desinteressado oferecimento do patriota exemplar Pita Caruncho tivesse sido aceite; quando o corpo de Pita Caruncho nom desse mais de si poderia-se tomar outro (já sem necessidade de oferecimento, pegava-se noutro corpo em boas condições e o processo podia continuar indefinidamente). Infelizmente, para o antedito Sentinela, parece que a Medicina ainda nom tinha avançado suficiente.

Contudo e de acordo com a verdade revelada havia um problema: a morte é a separaçom do corpo e da alma e Pita Caruncho oferecia apenas o corpo, nom a alma. Porém, asinha resolvi o problema. nem o sentinela nem Pita Caruncho tinham alma: eram uns desalmados. Quando hoje vemos os tremendos avanços médicos é para se botar a tremer, afortunadamente a Santa Igreja nem sempre concorda com eles, nom som tam agudos!

[Premir na imagem para alargá-la]

Tags: francisco franco, josé luis pita caruncho, melchor miralles, piensos nasa

Escrito às 10:03 nas castegorias: Back to the Future, Manuel Morrinha

11 comentários »

Email , 227 palavras • Chuza!

1 comentario:

Zoe dijo...

Ay, ay, ay, cómo me he reído con lo de la biografía de Anabel Rodríguez escrita por Ponte, jajajajajajajajajajajajajaja... Eres la candela.